segunda-feira, 22 de junho de 2009

# Número 23 #


Não vou olhar para as pessoas durante uma semana.
Não vou sofrer por esta maldição.
Não vou reparar no tempo nem me martirizar pelo o que foi feito.
Não quero ter aquela sensação de frustração .
O número 23 não existe, é uma icógnita. É uma parte que foi minha e partiu., ficou para trás.
Não quero ser comparada a ninguém, principalmente a pessoas que não gosto.
Eu odeio o número 23 e ele sequer existe.
Ele é o meu pesadelo.
É o meu drama, é quanto eu tirei em uma prova que esperava ir bem.
Agora, o meu mundo é esse. De decepção e tudo mais.
Não quero me ferir por isso.
Tudo pode mudar e o 23 pode virar 100 não é?
Porque não foi tão bom quanto esperava?
Queria tanto um 100 ou 37! Agora vo ouvir de todos os lados e verei aqueles olhos furtivos olhando para mim.
Deixo o 23 para trás em rumo de pelo menos 50.
Pode ser assim ou não, sorte pelo menos uma vez na vida.
Eu preciso, quero e mereço.

Um comentário:

  1. Miga,conte comigo ok?
    eu entendi o seu post,mas vc sabe q isso é normal...no próximo o resultado é melhor..
    Saiba q me orgulho de vc,e der sua amiga...e o que é um numero diante da sua inteligencia??
    Vc é admirável..t amoo

    ResponderExcluir