terça-feira, 18 de agosto de 2009

A Imperfeita


Por que tudo que gosto é perigoso e libertino? Por que me sinto tão próxima e me identifico com pessoas que não prestam? Perguntas sem respostas.
A imperfeita.
Sou louca pela Lady Gaga, que é a figura mais quente do momento (ela é os dois ou não? ) . Também não me importa.
Sempre me dei bem com as figuras mais notáveis e me identifico muito com os poetas do romantismo, como Álvares de Azevedo e cantoras fossas como Maysa.
Nunca compreendi muito esse meu lado perigoso, um dia quem sabe um psicólogo qualquer me explica.
E por que essa minha paixão por pessoas do Rock-safadeza-bebedeira.
Sempre me dou bem com os culpados. Minha histórinha tão estranha.
O engraçado nisso tudo, é que meu namorado é uma das pessoas mais certinhas que conheço.
A louca aqui sou eu, sem eira nem beira. Louca, contraditória e amante da bebida, da vida e dos livros. Ah do rock também, mas vai lá pula essa parte.
Eu sou cheia de excessos , de pessoas, amores, livros e doses a mais de tudo.



Ninguém pode calar dentro em mim
Essa chama que não vai passar
É mais forte que eu
E não quero dela me afastar
Eu não posso explicar quando foi
E nem quando ela veio
Mas só digo o que penso
Só faço o que gosto
E aquilo que creio
E se alguém não quiser entender e falar, pois que fale
Eu não vou me importar com a maldade de quem nada sabe
E se alguém interessa saber
Sou bem feliz assim
Muito mais do que quem já falou
ou vai falar de mim


Resposta, Maysa



Um comentário:

  1. o que tem de mal gostar do que é perigoso e libertino ?! Acho que o perigoso atrai muito mais as pessoas por ser incerto, não é o chão q vc está acostumada a pisar mas às vzs nós temos q sair do nosso lugar confortável... que não nos dá tanto prazer qto antes.A partir do momento que o teu refúgio, tua cápsula protetora não surte tanto efeito em ti o perigoso passa a ser muito apelativo. Não condeno o perigoso...

    beijosss

    ResponderExcluir