sábado, 6 de fevereiro de 2010

Nem tudo é rosa para mim.




Você que já esteve no céu
Foi tudo divertido pra você?
Chega a hora então de provar tudo que existe
Tire agora os sapatos jogue tudo pro alto sinta o chão
Aprender a andar descalço num mundo de asfalto e sem coração
Até que o mundo gire ao seu redor
Obrigado por passar mas estou de saída
Tem alguma coisa nova pra fazer?
Vamos lá então ter um dia diferente
Eu só quero curtir ficar a toa viver numa boa
E você quer respostas exige provas, músicas novas
Até que o mundo gire ao seu redor
Vão falar que você não é nada
Vão falar que você não tem casa
Vão falar que você não merece, que anda bebendo e está perdido
E não importa o que você dissesse
Você seria desmentido
Vão falar que você usa drogas e diz coisas sem sentido
Se eu for ligar para o que é que vão falar não faço nada
Eu procuro tentar entender
Porque eu sou tão importante pra você
Já que é bem melhor ser importante pra si mesmo
Eu não quero mudar, ser mais discreto, ser mais esperto
Já cansei de propostas de dar respostas e ter que dar certo
Até que o mundo gire ao meu redor
Vão falar que você não é nada
Vão falar que você não tem casa
Vão falar que você não merece que anda bebendo e está perdido
E não importa o que você dissesse
Você seria desmentido
Vão falar que você usa drogas e diz coisas sem sentido
Se eu for ligar para o que é que vão falar não faço nada


O Mundo, Capital Inicial



Quando eu era bem mais nova. Lá para os 14, 15 anos não admitia me entregar para alguém. Sempre tive medo. Medo de amar, de me entregar, a pessoa me iludir e eu ficar sem chão. Exatamente como agora. Sempre fui bem racional e nem um pingo romântica. Acho que na verdade, dentro de mim sempre habitou um sonho de amar.Então, aconteceu exstamente o que eu tanto evitei. No final das contas, olhei muito pouco por mim e mais pelos outros. Me encontro a lá Maysa. Para lá de magoada e sem entender ou o que fazer. No percurso do ônibus vim pensando e chorando. Para muitos, isso pode ser um clichê, mas para mim é só a minha realidade. Sou uma romântica atravessada. Que ouve canções fossas e ao ouvir tango chora copiosamente. Também tenho o meu lado brega, intenso.
Ando pensando que nada no mundo, pode me roubar de mim. Agora, quero ficar um pouco só. Comigo mesmo, aprender a me revalorizar. Continuar na página seguinte que estava há quatro anos. Sem olhar para o amanhã. Quero curtir, viver e olhar bastante para mim. Não quero saber de chorar por alguém e muito menos ouvir músicas para me lembrar. O momento não conveem para isso. Não quero muito menos, me magoar. Não quero que aconteça o que ocorria comigo quando eu tinha 15 anos. Na balada, os caras que chegavam em mim, ficavam comigo e a maioria tinha namorada. E eu nunca sabia. Não quero que isso aconteça de novo, caso esteja sozinha. Se for, para ser feliz que seja para uma noite e nunca mais ver a tal pessoa. Sem compromisso, nem laços. Não estou qurendo dizer que quero sair por ái ficando com qualquer um ou namorando o primeiro cara. Só digo, que se for para conhecer alguém, não quero ser enganada e muito menos sair com alguém comprometido. Desculpa, mas essa não é a minha. Também não quero namorar logo de cara ou adicionar no orkut, só quero viver. Não estou dizendo que estou solteira ou pretendo ficar. Mas lá no ônibus, nesse conflito sozinha, percebo que quero muito tempo para mim. Só para mim,quero ser bem egoísta. Acho que mereço. A página seguinte,essa aí depois eu penso.

5 comentários:

  1. complicado quando a gente se permite, se entrega e depois a pessoa te magoa :/ mas faz parte da vida, né? :s
    hora de dar a volta por cima e sacodir a poeira!

    ResponderExcluir
  2. adorei seu texto bem realista ! (:
    pena que nada é sempre flores :/
    to seguindo bjs !

    ResponderExcluir
  3. A vida é feita das coisas boas e das ruins, sem uma a outra não pode existir. Todo sofrimento é compensado um dia.
    O melhor que você faz é ser você mesma, fazer o melhor pra você. Quem não se ama não da chance para os outros amarem.

    By the way: essa musica do capital é minha grande filosofia de vida.

    ResponderExcluir
  4. Quanto mais você pensar no que vai acontecer, em como você deve agir, pior vai ser. Porque nem sempre (quase nunca, aliás) as coisas saem do jeito que a gente planeja e acaba doendo muito, muito mais, e o que já era ruim por causa do "fim" fica pior, por mais que você não acredite que isso possa acontecer.

    ResponderExcluir
  5. menina,muito profundo o seu texto. é exatamente como eu me sinto agora que tenho 14 p. 15 o_o . calma que tudo vai melhorar,a vida foi feita de atos e baixos !

    ResponderExcluir