domingo, 27 de junho de 2010

Seguidores de Jorge


Eu não abandonei o blog. Graças a deus, meu Notebook voltou. Só estou trabalhando muito e sem tempo nem de ver meus amigos. Como eu me sinto? Um burro de carga. Sei que isso acontece com todo mundo, mas não estou acostumada com essa vida. Meu trabalho fica longe de onde mora, por conta disso tenho que "viajar" para lá cedo e na volta, sempre chego na hora de ir dormir. Experimente fazer isso 4 meses sem parar. Sem ver seus amigos, sem ficar longas horas na interner e sem ouvir suas músicas preferidas? Tento não enlouquecer. Por um milagre, meu dvd voltou e assisto meus filmes do coração. Sozinha, o sofá e eu. Meu namorado não mora muito longe, mas dia de semana só por telefone. Ele também trabalha. Meu primo Gabriel de 5 anos me faz compainha. Fico imaginado até quando será assim? Tem gente que está amando tudo isso. Só que aviso aos navegantes, isso não será para sempre. Meu futuro é incerto, mas tenha certeza de que não abrirei mão dos meus amores, amor e amigos. Estou ocupada no momento, mas eles me entendem e não me abandonam. Tudo vai dar certo, as coisas vão voltar ao lugar certo. Por quê? Porque sou guerreira e não desisto nunca. Essa é a minha vida, mas tenho ciência de tudo. Não vou desistir do que é meu. Por isso, xô inveja e tudo de ruim. Isso é só o começo. Meu santo é forte e se cair, eu sei levantar.

Sou guerreiro

"Eu não vim aqui pra pedir
O que eu quero eu vou conquistar
Se agora é hora de ir
Tô na estrada, sigo em frente
Eu não penso em fugir
E nem mesmo me consolar
Tenho medos e mesmo assim
Tô na estrada, sigo em frente

Eu não vim aqui pra pedir
O que eu quero eu vou conquistar
Se agora é hora de ir
Tô na estrada, sigo em frente
Eu não penso em fugir
E nem mesmo me consolar
Tenho medos e mesmo assim
Tô na estrada, sigo em frente

Enquanto eu tiver chão sob os pés
Enquanto eu puder caminhar
Enquanto eu puder estar viva
Enquanto minha hora não chegar
Talvez eu não vença o tempo todo
E ainda posso até cair
Só quero manter minha alma forte
Erguer a cabeça e seguir

Guerreiros são guerreiros
Guerreiros são guerreiros
E fazem zigue, zigue, zá
Escravos de Jó
Escravos de Jó"

Pitty

* Me inspirei em São Jorge para escrever este Post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário