domingo, 5 de setembro de 2010

Cartas a alguém

Voltei a sorrir outra vez. O nome disso é amizade, que é libertadora. Não importa se faça chuva ou sol, na alegria ou na dor. Eles estão lá comigo. Me fazendo rir, me aconselhando e sempre me apoiando. São desses amigos que pretendo ter sempre ao meu lado. Não quero falsos sorrisos e cansei de tanta vacilação. A você, desejo felicidade, que seja feliz em seu mundo de máscaras e no qual vive fingindo ser o que não é.
Definitivamente cansei. Cansei de você. Cansei da sua amizade e agora quero ao meu lado, quem realmente possa corresponder as minhas necessidades.
Descobri coisas tão valiosas que não sentia há mais de dois anos. Me sinto como uma criança elétrica que vê algo pela primeira vez.
Eu te odiei por alguns minutos, mas a sua ausência me fez bem. Me fez sentir forte, caminhar e saber com quem posso contar. Aprendi tanta coisa que vou levar pelo resto da vida. Sem você.
Me sinto mais leve, bem que me avisaram. Mas tudo passa. E essa dor passou. Para mim, suas fotos não querem dizer nada. Deve ter percebido que até retirei do meu site pessoal? Mas faz parte. Você também fez comigo.
Agora pertence ao passado e quem ocupou o se lugar me faz muito bem. Melhor que você fazia.
Eu me sinto bem, leve. Nunca deixei de ser quem eu sou. Isso você nem sabe o que é.
Saia do pedestal, saia deste transe enquanto é tempo.
Mas da minha amizade você nunca mais vai ter.
Obrigada por deixar de existir. Agora tudo faz sentido outra vez.

5 comentários:

  1. Oi moça,

    Arrumando as gavetas do coração? Tirando o lixo fora? Vai com calma, linda.

    A Clarice Lispector tem uma frase que eu gosto demais: "Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro". E perdoar faz um bem danado.

    Beijinho e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  2. nossa,

    alguém realmente pisou na bola com vc... já passei por algo assim e te digo, eh até bom descobrirmos essas coisas, pois é um falso a menos na vida... melhor só que mal acompanhada, ne??

    bjssss

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. OI linda!!!

    Que DESABAFO heim!
    Mas esta certíssima, quem não nos quer por perto o problema é deles, quem perdeu foi a pessoa que deixou a sua amizade... Passei por isso também, confesso que perdi o chão quando isso aconteceu, e só depois disso comecei a dar valor as pessoas certas... Fico feliz em saber que agora consegue respirar um novo ar, viver com pessoas que realmente querem bem... Pode contar comigo, estarei sempre aqui, gostei de você logo de cara, tem coisas que agente não explica, simplismente faz! beijos

    ResponderExcluir
  5. nossa,que texto ein..até me assustei,oque aconteceu?beijos

    ResponderExcluir