sábado, 22 de outubro de 2011

Paraíso



Quando ela era apenas uma garota
Ela tinha expectativas com o mundo
Mas isso voou além de seu alcance
Então ela fugiu em seu sono

E sonhou com o para-para-paraíso
Para-para-paraíso
Para-para-paraíso
Toda vez que ela fechava os olhos

Ooohh

Quando ela era apenas uma garota
Ela tinha expectativas com o mundo
Mas isso voou além de seu alcance
E balas foram pegas com seus dentes

A vida continua
Fica tão pesada
A roda corrompe a borboleta
Cada lágrima, uma cachoeira
Na noite, na noite da tempestade
Ela fechou os olhos
Na noite
Na noite da tempestade
Ela voou para longe

E sonhou com o para-para-paraíso
Para-para-paraíso
Para-para-paraíso
Whoa-oh-oh oh-oooh oh-oh-oh

Ela sonhou com o para-para-paraíso
Para-para-paraíso
Para-para-paraíso
Whoa-oh-oh oh-oooh oh-oh-oh

La-la-la-la-la

Ainda deitada debaixo do céu tempestuoso
Ela disse oh-oh-oh-oh-oh-oh
Eu sei que o sol está pronto para nascer

Isso poderia ser o para-para-paraíso
Para-para-paraíso
Isso poderia ser o para-para-paraíso
Whoa-oh-oh oh-oooh oh-oh-oh

Ooohh, oohh ...



Um dia eu sonhei e saiu este texto, um dos meus preferidos

Depois de algumas tempestades no Rio de Janeiro e tardes nubladas, aqui estou eu com os pés no chão, mais firmes e fortes do que nunca. Foram necessários muitas lágrimas, muita dor para poder entender tudo que passei até agora. Só que não sou nem a primeira e nem a última a passar por isso. Já dizia um ditado Budista: "Para crescer, é necessário sofrer" . Eu mudei, cresci e cheguei e conclusão de que aquela que fui, vai sempre viver dentro de mim. Só que mais do que nunca, eu precisava muito de uma mudança na minha vida. Mudanças são bem vindas, principalmente aquelas que trazem tanta coisa boa para a nossa vida. Não é que o meu eu antigo esteja errado, não. Eu só precisava me adaptar, foi aí que surgiu o meu novo eu. Muito mais disposto e renovado. Quase uma outra pessoa. E eu consegui.
E neste momento, mais do que nunca os meus sonhos estão vivos dentro de mim - afinal são eles que me movem e fazem cada fibra do meu ser se eletrizar de felicidade- o intercâmbio para a Califórnia, escrever um livro, plantar uma árvore e formar uma família. Agora, mais do que nunca, vou correr atrás dos meus sonhos e ainda tem tanta coisa que quero aprender - tem o surf, a faculdade de moda e aquela vontade de voltar a ser modelo.
E um dia irei encontrar alguém que curte as mesmas coisas e tenha um espírito livre como eu. Um dia. Alguém que não me ache louca, porque quero assistir um pôr do sol na praia. Alguém que quando eu convide para um piquenique, apenas responda que sim. Alguém que seja completamente distante de convenções e esteja muito mais próximo das sensações.
Alguém que ame as pequenas coisas da vida, que ria de mim, que entenda por eu chorar com uma facilidade imensa e ser tão emotiva. Alguém que viva o momento, porque sabe que o que me importa é o agora.
Sim, podes me achar uma grande aventureira. Só que eu sei disso e essa é a minha natureza, não posso mudar isso. É engraçado que logo agora fechando um ciclo na minha vida, eu tenha descoberto qual a tatuagem que irei fazer. É simplesmente a minha cara, o que eu tanto busco: a liberdade.
Só que eu acordei e descobri que tudo não passava de um sonho. Mas por que não levá-lo para a vida real? Agora o que me resta é seguir em frente com o melhor sorriso no rosto.


Coldplay - Paradise

21 comentários:

  1. Menina, deixe-me fazer uma confissão: esse texto, essa música, você não sabe o quanto fizeram sentido para mim. A mudança, a liberdade, o ''encaixar'' ou ''adaptar'' no mundo, tudo isso sempre me fez pensar muito, e algumas coisas até tem acontecido. Faz parte da vida amadurecer, e ver isso tão consistente no seu texto e na sua escolha de música fez com que me arrepiasse. Lindo, lindo demais.
    Adorei, com toda a sinceridade. Meus parabéns!
    Beijos, flor! Obrigada pelo comentário lindo!

    ResponderExcluir
  2. Liiindo texto. Essa verdade toda, emociona.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Como é importante na vida poder contar com um olhar generoso, né, flor?

    Beijo enorme.

    ResponderExcluir
  4. Coldplay me joga no fundo do poço, gente, rs. Gostei bastante do texto, como sempre, né? Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Aos poucos vamos aprendemos a lidar com nós mesmas, eu estou aprendendo, mas assim como você perdi muitos medos e estou aceitando as mudanças.
    E esperando que alguém me entenda como eu sou. Saberei quando esse alguém não precisar me perguntar porque estou triste, pois apenas de olhar para meus olhos já saberá.È pedir demais??
    Bejim

    ResponderExcluir
  6. Senti nos pés o pulsar da ilha
    Um farol avisa o longe do perto
    A lava encoberta na costa dormente
    Sete rumos e apenas um certo

    Neste Mar senti a vontade de prantear
    A nudez da noite no encontro do silêncio total
    Encobriu meu pranto das estrelas
    Uma zombeteira Lua marcou no dia o encontro final

    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  7. Oi Ju! Adoro Coldplay, ainda não tinha assistido esse clipe!
    ótima postagem
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. ahh, mt bacana... essas fases pelas quais passamos, as mudanças.. acho que nunca somos as mesmas, pelo menos mentalmente falando.. Estão todas ali, mas vamos amadurecendo e descobrindo quem realmente somos e o que realmente queremos... xD

    bjusss

    ResponderExcluir
  9. Não é à toa que é o seu preferido, não é?
    lindo! (:
    :*

    ResponderExcluir
  10. Juliana,

    Belo texto!
    Nunca desistas dos teus sonhos, porque se eles se forem, ti continuarás existindo, mas terás deixado de viver!!!


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  11. Senti nos pés o pulsar da ilha
    Um farol avisa o longe do perto
    A lava encoberta na costa dormente
    Sete rumos e apenas um certo

    Neste Mar senti a vontade de prantear
    A nudez da noite no encontro do silêncio total
    Encobriu meu pranto das estrelas
    Uma zombeteira Lua marcou no dia o encontro final

    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  12. Oh , minha querida linda , dá pra sentir a música Paradise o tempo inteiro em seu texto !
    Eu te desejo toda a sorte do mundo nessa nova fase , e que todos os seus sonhos se realizem , e também que cada instante que você viva seja eterno enquanto dure .
    É bom poder se refugiar em nosso mundo de sonhos , não é ?
    Sempre que faço isso , me lembro de uma passagem no livro A Viagem do Peregrino da Alvorada , o 5° da série As Crônicas de Nárnia , que dizia mais ou menos assim : "todo mundo tem um país secreto dentro de si [..] Lúcia e Edmundo tinham mais sorte : o país secreto deles era verdadeiro" No entanto , nosso mundo interior é tão real quanto o exterior . Aliás , o conceito de realidade é algo muito complexo para ser entendido , não é ?
    Enfim , você já deve estar cansada de minhas divagações , e quero lhe pedir desculpas por não ter comentado antes , é que saímos repentinamente e só chegamos ontem .
    Mas eu prometo que não sumo ! Dos meus amigos antigos do blog , você é uma das poucas que restou ! E a mais volúvel também , rsrs' Adoro isso em você .
    Ah , também adoro Coldplay (:
    Beeijos ♥

    ResponderExcluir
  13. Oi, Juliana.
    Adorei seu texto. Profundo. Gostei mesmo e a trilha sonora combinou perfeitamente!

    Beijos,
    Vanessa Sagossi
    comentandoofilme.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. é isso, temos que ter coragem e tentar mudanças ou, pelo menos, aceitar as mudanças inesperadas - nesse caso, aprender c/ elas.

    "... mais do que nunca os meus sonhos estão vivos dentro de mim - afinal são eles que me movem e fazem cada fibra do meu ser se eletrizar de felicidade." que lindo :)

    sonhar, tentar tornar os sonhos reais; isso dá ânimo, isso é força que nos faz mover.

    beijo

    ResponderExcluir
  17. esse texto mexe com qualquer pessoa. está lindo!

    ResponderExcluir
  18. Ju, que feliz eu fiquei com suas palavras. Muito obrigada pelo carinho viu. É um orgulho saber que alguém se sente bem lendo meus textos e poemas. Voltarei aqui muitas vezes. Teu talento nos puxa. *-*

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Essa metamorfose que não pára e é necessária.Que o sonho venha a ser real.É pra isso que continuamos,não é mesmo?Para viver dias esperados.
    Que seja doce!

    *Coldplay,para embalar tudo isso *.*

    ResponderExcluir
  21. The greenish sun photo is fantastic.

    Dr. Russ Murray:)

    ResponderExcluir