domingo, 4 de dezembro de 2011

Nostalgia ♥



Andei sumida por alguns dias, mas foi por um bom motivo. Viajei para um lugar que é um verdadeiro paraíso e que me fez relembrar de tantas coisas que estavam adormecidas. Tinha a estrada, uma paisagem linda com pinheiros e animais de todos os tipos, o rock rolando solto no meu celular e uma saudade tão apertada no peito que me consumiu durante a viagem, tanto na ida quanto na volta.
Talvez vocês leitores não saibam, mas a aspirante a escritora que vos fala já foi um dia, uma adolescente rebelde, do tipo que usava coturno e só andava de preto. Naquela época, só o rock'n roll, Harry Potter e filmes alternativos faziam a minha cabeça.
Eu fui tão feliz!
Parece que foi ontem que eu tinha onze anos e passava as festas de fim de ano em Cabo Frio com toda a minha família e fui convidada pela minha madrinha e primos para ir ao cinema assistir um tal de Harry Potter que meu primo era viciado e comia os livros, segundo a minha tia.
Me lembro de ter perguntado a várias amigas que fiz em CB se o filme era bom, elas disseram que sim e que o ator era bonitinho. Eu não estava muito afim de ir, mas decidi aceitar o convite.
A sala estava lotada e chegamos com a sessão já iniciada. Minha prima Clara que na época só tinha seis anos, teve que ficar no meu colo. Eu lembro que tinha muitas crianças no cinema e eu esperava o filme começar.
- Tomara que seja bom! - eu pensei
E logo na primeira cena, eu me vi boquiaberta, com olhos brilhando e coração disparado. Eu nunca tinha sentido tanta vontade de assistir um filme como aquele.
Eu saí do cinema anestesiada, pois tinha sido a primeira história que tinha traduzido tudo o que mais gostava: o mundo dos bruxos e fiquei triste também pelo fim do filme, até que meu primo - que era a cara do Harry naquela época- me disse que o filme tinha livro, que na verdade era uma saga e tinha quatro livros (até em 2001).
-Eu preciso comprar - eu falei.
Sendo que desde pequena eu gostava de livros, minha tia lia para mim as histórias de princesa antes de dormir e eu gostava de ler os livros extra classes antes da professora mandar ler para provas e trabalhos.
Só que nenhum livro antes tinha me conquistado tanto quanto aquele. Eu não tinha visto, mas minha madrinha ouviu o que eu tinha dito e no mês seguinte me deu de aniversário. Eu nunca amei tanto um livro!
Eu acordava pela manhã, arrumava a minha cama e o meu quarto. Ouvia música e partia para o mundo de Harry Potter. Naquela época, eu era uma roqueira rebelde de bandana, louca por shows e cheia de atitude.
Era verão, mas precisamente Janeiro e estava de férias. Pegava a cadeira de praia da minha avó e ficava lendo as aventuras do menino de óculos com cicatriz até o sol se pôr. Eu olhava para o céu que estava uma mistura de roxo, laranja e rosa por conta do crepúsculo da lua e imaginava que o céu que eu via era o mesmo que Hogwarts.
Completamente viciada, ganhei da amiga de uma tia outras continuações. Virei Pottermaníaca, com direito a folhas de fichário, figurinha, pôster e cortes de jornais.
Eu nunca tinha amado tanto uma história, nunca tinha me identificado tanto com os personagens, o mundo e as lições de moral! Eu a defendia com unhas e dentes entre aqueles que zombavam e sonhava como qualquer outro fã, um dia entrar em Hogwarts. Então, quando eu colocava o pé na estrada para viajar com a minha família e via todo aquele visual de tirar o fôlego imaginava como Hogwarts deveria ser. Com o livro a tiracolo e rocks no meu disckman (é, eu sou daquela época), eu viajava e ficava imaginando cada cena, cada cenário, o mundo de Harry Potter.
Eu assisti todos os filmes, amei, odiei, torci, falei mal. Esperei a cartinha de Hogwarts, chorei quando alguns personagens morreram. Eu fui muito feliz com Harry Potter!
Aos vinte um anos, ver o final deixou uma vazio tão grande dentro de mim! Me senti sozinha e quando assisti a última cena de Harry Potter chorei feito um bebê. As pessoas me olhavam estranho e eu chorando aos prantos.
Eu pensava: " - E agora, o que vai ser a minha vida sem Harry Potter?"
Harry Potter foi a minha adolescência, acompanhou dez anos da minha vida, acompanhou as minhas desilusões, amores, tristezas e alegrias. Sonhei diversas vezes com o Daniel Radcliffe e J.K Rowling.
Então ver a estrada novamente é como reencontrar um velho amigo. Uma parte minha tão encantadora que eu pensei que o mundo tinha destruído.
Aquela roqueira revolucionária, tão sonhadora, cheia de ideias e planos que vivia com música ao fundo, trocava cartas com as minhas amigas, ficava até tarde andando e arrumando confusões com os amigos no condomínio em Cabo Frio nas férias.
E eu sinto tanta falta dessa parte de mim, e fico tão feliz em saber que ela não morreu. Que ela esteve todo esse tempo aqui, adormecida.
E sim, ela pode coexistir com o meu novo eu, há espaço para todos. É são elas que me fizeram ser quem sou hoje. Uma estudante de Letras que sonha em ser escritora. Essa é a minha vida, essa é a minha história.

25 comentários:

  1. Abençoados esses livros que nos enchem de magia,


    Sempre teremos outros,

    ResponderExcluir
  2. Eu acho incrível o fato de alguns personagens acabarem fazendo parte da vida da gente . E esse vazio que você diz que ficou em seu coração eu conheço muito bem , já o vivi várias vezes , a última vez com os personagens da saga Fronteiras do Universo (já leu? Se não , fica a dica) . A gente se sente meio perdida , né ? Mas pra não me sentir assim eu tenho o costume de realizar releituras . Sei que com sagas é mais complicado , porque a gente acaba crescendo e amadurecendo com as personagens , mas ainda assim eu repito as leituras pois acredito que cada vez é única . Os personagens podem ser os mesmos , mas nós não .
    E eu tenho um carinho especial por Harry Potter e seu mundo de bruxos . É uma saga com a qual me identifico e que sei que inspirou toda uma geração . É uma pena que tenha chegado ao fim , mas nos corações de todos nós haverá sempre um trio de bruxos fazendo travessuras no castelo de uma escola ( "é Leviôoosa , e não Leviosáaa!" Quem é que esquece ? ♥ ) . Eu só assisti até HP4 , e vou terminar os filmes e livros só no ano da copa , porque gosto tanto desse bruxinho que estou com medo dessa sensação de vazio .

    Fico feliz que tenha gostado da minha estória ! Agradeço todos os elogios , e me sinto lisonjeada por ter uma fã como você , tão talentosa . Ela tem continuação sim (: Não vai virar livro , mas tenho outra ainda mais fantástica que posso mandar a sinopse por e-mail pra ti , se quiser .

    Que bom que você gosta da Avril e de 30 Seconds , porque eu também adoro ! Conheci 30 Seconds com The Kill , e aposto que você também adora a versão dessa música com a Pitty . E 1408 é um filme que eu tenho muita vontade de assistir , mas não tive oportunidade (agora que soube que The Kill tá no filme , fiquei ainda mais curiosa) .

    Te adoro muito , fica com Deus <3
    PS : você deve ter sido uma criança muito levada rsrs'

    ResponderExcluir
  3. Juli, que legal relembrar momentos bons; ou poder reviver um pouco deles, né? :)

    acredita que só "conheci" HP ano passado? meu namorado sempre falava que gostava da história, que assistia aos filmes, que tinha lido os livros e tal. aí eu resolvi dar uma chance ao bruxinho e assisti aos dois primeiros filmes; amei de cara. aí aproveitei uma promoção no submarino e comprei todos os livros. li o primeiro e o segundo, mas não consegui ler o restante p/, depois, assistir aos filmes - assisti ao outros filmes, mas ainda não li todos os livros (é bom que eu sei que ainda faltam algumas coisas de HP p/ eu descobrir, já que nem tudo que está escrito, tá na telona :D).

    o último filme assisti no cinema; saí de lá com muita saudade daquele mundo mágico.

    é incrível esse poder das estórias, de você se sentir parte de um mundo que não existe na realidade.

    beijinho, menina

    ResponderExcluir
  4. Livros são mágicos, tenho a certeza, Ju.

    ;)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ah, realmente livros nos fazem viajar!


    ótima semana
    Beijoo

    ResponderExcluir
  6. Olá.Essa é minha primeira visita ao blog.Vi seu link em outro blog e resolvi vir conhecê-lo.Adorei seu blog e já estou lhe seguindo.Seu blog é muito bem organizado e suas postagens muito bem elaboradas.Te convido a conhecer meu blog e segui-lo também.Aguardo sua visitinha!Também já estou seguindo seu twitter.
    Bjs!
    Zilda Mara
    http://www.cacholaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Tão gostoso reviver momentos gostosos, não é?!

    ResponderExcluir
  8. escritora você já é, não só literalmente, mas nas entrelinhas fica claro sua intensidade que transborda e que tão bem você sabe transformar num texto

    ResponderExcluir
  9. Ah, comoé bom reencontrar uma parte tão importante nossa no passado, numa viagem, num momento inesperdo. A nostalgia, quando doce como esta sua, é sempre bem vinda, linda, e marca demais.
    Adorei sua história, flor! Me fez recordar um pouco da minha adolescência quando se descreve sonhadora. Toda menina é assim, não tem pra onde fugir, rs.
    Muito lindo! Amei!
    Beijoos, e obrigada pelo comentário lindo que me deixou tão feliz - daquele texto do pai!*---* Achei lindo o fato de ter se identificado tanto!

    ResponderExcluir
  10. ah que linda, tomara q tenha aproveitado bem....

    eu tb tava viajando de ferias =0

    ResponderExcluir
  11. É muito bom lembrar ou reviver os bons momentos, ainda mais viajar com os livros que a gente adora! Adorei seu blog!

    Beijo,
    Juliana - sua xará (:

    ResponderExcluir
  12. Cabo frio deve ser lindo, viajar é tão bom, né? Talvez poucos saibam, mas também já tive um estilinho rockeiro, mas era mais voltado pro gotico. hehe

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Quando eu era menor também ficava muito ansiosa pelos lançamentos de HP.
    Nunca nenhuma parte da gente "morre" elas só ficam lá, dormindo ou acordadas de alguma forma.


    Beijos,
    Vanessa Sagossi
    comentandoofilme.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oh, ainda bem que gostaste. É bom ouvir isso! Obrigada

    ResponderExcluir
  15. Nossa sua história é linda!
    Não sou Potter maníaca mas sempre admirei muito os livros, os filmes.
    E amei esse texto, muito lindo aqui!
    Beijos ;**

    ResponderExcluir
  16. Juliana, tu caminhaste nos encalços da literatura, enquanto ela, de longe a observava. Talvez tu nunca a tiveste percebido a olhá-la. Mas lá estava a literatura. Sempre altiva e com vontade de levar-te para uma aventura. E isso aconteceu e foi essa história que tu nos contaste com nostalgia e carinho. E hoje você está ai a estudar e a escrever com a sensibilidade e a vontade de uma escritora. Persista sempre, leia, estude, escreva. Tu hás de alcançar o que queres! Afinal, há em ti uma chama ardorosa pronta para aquecer nas entrelinhas da literatura. Vocês já são mais que conhecidas.

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. Engraçado você arrumar o quarto para partir para Hogwarts, fofinha haha (:
    Não senti esse vazio quando acabou. Foi bom, senti que finalmente estava completo. E gostei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. O seu trabalho aqui é admirável. Acredito que você tem potencial e um futuro promissor. Espero que este blog Tê sirva de aprendizado e aperfeiçoamento para você investir em nossas técnicas de linguagem que Tê levem ao seu objetivo final.

    Tenha uma ótima semana!

    P.s. Também sou fã de Harry Potter e amei o design do seu blog.

    ResponderExcluir
  19. Logo, lembranças. E que lembranças!

    ResponderExcluir
  20. Que fofo, adorei o post *----* E tão bom lembrar as boas coisas que aconteceram conosco :D

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Adorei seu texto!
    Não conhecia seu blog e gostei muito dele^^
    estou seguindo agora!
    O que me chamou atenção é que sempre tem algo que nos motiva e nos leva para lugares onde nossos sonhos e vontades são possíveis, onde somos compreendidos! Isso é tão mágico!!
    Lindo texto, lindo blog!
    Beijos e bom domingo!

    http://moniabrao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Ju, somos duas!
    Conheci HP com 11 anos também quando fui pra casa do meu pai no RJ e meu irmão era viciado! Devorava todos os livros, esperava ansiosamente pelos filmes e quando acabou... Aaaah foi triste quando li o último livro mas no último filme foi pior... Ficou um vazio mesmo. E agora, sem HP! =/

    Harry Potter me faz lembrar de uma época maravilhosa em minha vida, quando passava minhas férias no Rio de Janeiro... Saudades daquele tempo!

    P.S.: Pensei que estava te seguindo, mas acho que esqueci de fazer isso aquele dia :P

    BeijO!

    ResponderExcluir
  23. *.*Pô que lindo Lari! Como você disse é quase um reencontro,foi como acordar um lado adormecido que sempre esteve em você.
    Parabéns,Harry é d+ mesmo!

    ResponderExcluir