domingo, 20 de maio de 2012

Recordar é viver



Para Tia Mary e Naná que viveram esse momento

 
Eu nasci da década de 90, mais conhecida como a década perdida. Época de É o Tchan, Programa do Gugu e Nirvana (é tudo uma questão de gosto, nada pessoal). Então, sempre senti uma certa raiva por ter nascido em uma época em que não trouxe absolutamente nada de bom. Todo mundo sabe o quanto sou apaixonada pela década de 80, o que ela representou e o que trouxe de bom para as gerações futuras. Ver meu pai falando de músicas, seriados e livros não tem preço.
Mas lunática como sou, tinha me esquecido de algo, uma lembrança tão incrível que não imagino como pude esquecer tão fácil assim. Quando eu tinha mais ou menos seis anos de idade, a Dance Music estava no auge - ou "Euromusic". Tive a oportunidade de ouvir, graças as minhas tias, fãs assíduas dessas músicas várias dessas músicas que tocavam em baladas e festas de casamento. Era a época da discoteca, ace of age, Double you, Shakira e seus pés descalços. Que saudade aguda tenho dessa época!
Uma época que não tinha preocupações. Queria aprender espanhol, ser como a Shakira com seus cabelos soltos e estilo hippie, dançar as músicas que minhas tias ouviam e poder sair a noite como elas, de salto alto e lindos vestidos. Me lembro que queria ser como elas, independente e cativante. Parecia ser um mundo tão incrível e encantador, eu queria mergulhar nele!
Sou cria da dance music e sinto falta, pois naquela época as pessoas se divertiam de verdade. Frequentavam boate sem se preocupar em arrumar confusão. A cada noitada, uma história diferente.
Minhas tias chegavam tarde da noite, desarrumadas, mas rindo feito loucas cheias de histórias para contar. Sim, a década de 90 me trouxe muitas alegrias e agora que redescobri, só quero relembrar uma época tão gostosa que vivi.
A música acima era hit naquela época e me remete sentimentos gostosos, sensação de liberdade e boas lembranças. Então ouçam, acredito que todos vocês, da mesma faixa etária que eu, tenham boas histórias para contar.
Aproveite enquanto é tempo, viva o agora. Não se pode voltar no tempo e tenha boas lembranças do que viveu.

11 comentários:

  1. Pois eu nasci nos anos 80 e gosto de muito pouca coisa daquela época. É. Que coisa, não?

    ResponderExcluir
  2. Oi Juuuuu

    Adorei a sua visita...
    É também sinto isso desde quando nasci, creio eu.
    Tem horas que me sinto um E.T dentro da minha p´ropria geração.. extremamente romântica passo uns cadinhos com essa inversão de valores que só vem aumentando.

    Volta sempre viu ?
    Bjs
    Debby :)

    ResponderExcluir
  3. olá, seu blog é bom ein, estou seguindo (:
    adorei visitar aqui *-*

    se tiver tempo leia meu texto, obrigada (:

    http://kehcristina.blogspot.com.br/2012/05/ouca-dos-ceus-que-eu-nao-duvidei-do.html

    ResponderExcluir
  4. Hoje em dia sinto vergonha, mas, fazia coleção do É o Tchan e adorava ficar dançando! Ahahaha. Adorei o post.

    ResponderExcluir
  5. Olá..adorei o seu blog,adorei a sua forma de escrever,sinto falta de algumas coisas da minha época também..rs!
    Parabéns.
    Se quiser da uma passadinha no meu cantinho,entre e fique a vontade:
    http://comamoremaiscaro.blogspot.com.br/

    grande beijo.sz

    ResponderExcluir
  6. Bah, ô se lembro dessa música, dance music era chamado aqui 'House' e uns conhecidos meus sempre ouviam essa música e na rua também sempre tocavam. AH, belas lembranças eu tenho da infância, queria ser adulta também, como você, quando via suas tias todas arrumadas para ir as festas... Mas não sei, quando eu era mais nova, o que me remete àquela época era Girls just wanna have fun da Cindy que nem era da década de 90 D: haus' Mas isso foi influência de duas tias minhas que sempre ouviam essa música <3

    Belo texto!
    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  7. Ju, muito obrigada por ter dado as boas vindas de volta ao mundo dos blogs! Não sei se sabe mas, sou muito apaixonada por posts nostálgicos. Adorei o seu e como você sou meio indignada com a década em que nasci. Queria mesmo era ter sido da décadas dos Beatles rs. Questão de gosto, como você mesma disse!

    Adorei o post (:

    ResponderExcluir
  8. Ah, que delícia que é recordar! Já eu, Ju, sou super fã, completamente apaixonada pelas duas décadas, 80 e 90, embora tenha nascido nessa última. Acho que as duas tiveram coisas lindas pra oferecer, e é uma pena saber que nós, dos anos 90, segundo dizem por aí, fizemos parte da última infância.
    Também sou cheia de recordações, já escrevi vários textos sobre isso, e sinceramente é algo que também me inspira muito.
    Dos anos 80, através de meu pai também (olha só que coincidência, hahaha) conheci e amo de paixão o A-ha, e dos anos 90, só coisas lindas pra lembrar. Uma infância maravilhosa, verdadeiramente pura e sem igual. Saudade resume.
    Beijos, flor!
    Traga mais da sua infância sempre! É tão bom lembrar...

    ResponderExcluir
  9. Eu sou dos 90s também e não acho que foi uma década de todo ruim, tem muita coisa que eu gosto, mas como vc disse, é uma coisa de gosto também.
    Dos anos 80 eu gosto da música nacional. Maioria das bandas brasileiras que eu gosto são dessa época.

    :*

    ResponderExcluir
  10. Eu nasci em 90 também, e queria ser cigana... haha

    ResponderExcluir
  11. É uma pena que hoje já não se tenha mais tanta segurança pra curtir uma balada quanto há 10 ou 20 anos atrás ..

    ResponderExcluir