quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Máquina do tempo





Está tarde e parece que vai chover. O céu está nublado, anuncia uma grande tempestade. Aqui no meu quarto rodeada dos meus livros velhos e canções indies que ninguém entende. E nunca vai entender, eu me recordo. Fecho os meus olhos, minha memória está cheia de lembranças. Posso sentir o cheiro e perfume de olhos fechados, como se estivesse presenciando a cena. Lembranças agudas que despertam os fantasmas em mim.
São sombras, momentos e laços que se foram, mas não vou me esquecer. Não, eu não me permito!
Ao mesmo tempo, são cenas e frases que mexem com a parte que jurei estar congelada. Uma nostalgia que sinto justamente no lugar que menos deveria sentir: no lado esquerdo do peito.
Que esse sentimento vá embora e me deixe em paz onde estou. Feche a porta, guarde as fotos e esqueça as memórias.
Então, meio que de repente, toca aquela música, vejo rapidamente aquela série e um livro que são marcantes na minha vida e sou inundada por reminiscências. E eu me faço um monte de perguntas: por que as coisas têm que ser assim?
São tempos, idades e pensamentos que não voltam. Só vão ficar gravados na minha memória...



"Oh, we set our dreams to carry us in the middle where we were one"

7 comentários:

  1. Juliana:

    O que sobram são as lembranças e que sejam doces.

    Beijos lindeza.

    ResponderExcluir
  2. "Oh, meu amor, não fique triste, saudade existe pra quem sabe ter"
    (Vida Cigana - Gilberto Correia)

    ResponderExcluir
  3. Estava apenas adormecido, lá longe, e derrepente despertou:(

    minhaladainha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. "Ao mesmo tempo, são cenas e frases que mexem com a parte que jurei estar congelada."

    -Também jurava que estava congelada. =/
    Minha saudade coincidiu com a sua,Ju.
    Quêde máquina do tempo? Nem que fosse para reviver só um dia daqueles.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. a pergunta que sempre volta: por que tem que ser assim?

    ResponderExcluir
  7. Nossa, é verdade quando a nostalgia bate fica tudo mais triste, não tristes por que já foram um dia e sim por que a gente sabe que foi tão bom e não volta mais.

    Beijo querida. *-*

    ResponderExcluir