sábado, 16 de fevereiro de 2013

Tudo que eu queria te dizer e não disse




Já vai fazer um ano que tudo aconteceu. Parece que o tempo não perdoa mesmo. Sem dúvidas, eu era outra pessoa. Que bom que o tempo passa não é mesmo? Sei que hoje somos pessoas completamente diferentes e estamos muito felizes com isso. Você deve estar se perguntando porque eu resolvi escrever este texto. Não pense que foi para você, não foi. Mas agora que tudo passou, contar tudo que aconteceu não vai doer. Vai parecer que aconteceu com outra pessoa e não comigo.
 Nossa amizade se foi no último dia do mês e por causa de um programa fútil e ridículo. Cabeça quente e opiniões fortes demais fizeram com que a gente discordasse e começasse uma guerra que teve fim e pergunto, quem foi o vencedor mesmo?
 Eu não voltaria no tempo. Sei que se eu voltasse poderia ter a sua amizade de volta, mas não é isso que eu quero. Não me entenda mal. Só que todas as pedras no caminho que encontrei foi o que fizeram crescer e me tornar ser quem eu sou hoje. Se todas aquelas coisas não tivesse acontecido, talvez eu não fosse quem eu sou hoje.
 De formas diferentes, crescemos e nos tornamos novas pessoas. Que bom! É para isso que servem as dores e as alegrias, para tornar as pessoas melhores do que elas podem ser.
 Eu quis muito que desse certo, me doei muito. Uma hora chega o momento de apagar as fotos, queimar as cartas e deixar o passado para trás. Você foi uma amizade que me fez bem e que nunca poderei esquecer. O amigo que se torna inimigo também se torna inesquecível. E desse eu não sinto falta. Lá dentro, vão ficar gravadas as minhas memórias. As risadas, os bilhetinhos, as conversas sem hora para acabar. É, eu vivi tudo intensamente e você também viveu.
 Sei que onde estiver, você está feliz e eu também estou. Se eu vou sentir falta? Difícil responder quando você nem conhece mais a pessoa. Crepúsculo, sonhos, nossas composições e escrever. Disso eu vou sentir falta, nossas coisas que deixamos para trás.




No entiendo de política
Soy fan del rock and roll
Se que me critican por ser como yo soy
No vivo en el mañana yo vivo el dia de hoy
Que digan lo que quieran
Yo soy como soy







2 comentários:

  1. Ju..um post sincero, doce e libertador! Que surta o melhor dos efeitos a partir dele! Maravilhoso o post e o perdão que dele advirá! Beijos e saudades daqui ;)

    ResponderExcluir
  2. Gostei da postagem! O que você escreveu foi tocante, as vezes temos que abandonar algumas pessoas para construirmos nossa vida... Adorei!
    Obrigado por comentar no meu blog.
    Beijos
    Gabriel - Corações de Neve

    ResponderExcluir